Feliz 2017, o ano do Senhor

31/12/2016 00:00

Mensagem de Final de ano, início do novo

 

    Dia 31 de dezembro, último dia do ano de 2016.

    Amanhã será Domingo, Dia do Senhor, o Domingo é o primeiro dia da semana, amanhã ele será o primeiro dia do ano. Começaremos o novo ano no dia do Senhor, dia de ação de graças, dia de louvor e agradecimento. Faço votos que 2017 seja o ano do Senhor, um grande Domingo.

    Ao contrário do que se faz, faço questão de escrever uma mensagem, faço de próprio punho, não pego de internet como infelizmente é feito; não desejo aos paroquianos a prosperidade, nossa teologia não é a da prosperidade, não desejo a riqueza para ninguém, nem o ouro nem a prata. Faço votos que 2017 seja o ano do Senhor, seja um grande Domingo.

   Somos católicos e por isso, nossa esperança está no nome do Senhor. Não colocamos nossa esperança nos bens que passam, não esperamos dos poderes públicos, esperamos de Deus e em Deus. Somos católicos, esperamos com Deus, aquele que fez o céu e a terra.

    Nós Católicos, gostamos da história, aprendemos com a história, aprendemos com o passado e a partir de nossas experiências escrevemos hoje o nosso futuro. O Culto Católico é uma recordação e ao mesmo tempo uma misteriosa atualização da história. Na Missa o Jesus histórico, o mesmo de ontem e o de sempre se faz presente hoje.

    Todos os anos, gosto de aproveitar esta Missa para fazer uma retrospectiva, escrevo uma mensagem e recordo alguns fatos. Dizem que recordar é viver.

    Lembro-me que escrevi ano passado sobre o calor e a seca, quanto calor fez 2015, dizia. Pensava que não pudesse ser mais quente, esperava que 2016 fosse um pouco mais ameno. Que ilusão. Parece que 2017 será o ano mais quente desde quando teve início o atual sistema de medição, bom... assim vi no jornal.  Quanto descaso com a natureza. O Santo Padre até escreveu uma carta falando de nossa casa comum. Pena que as pessoas não escutam mais a Deus... pena que as pessoas não escutam mais a Igreja. Você leu o que o Papa escreveu sobre o cuidado que devemos ter com a natureza? Entende porque estamos assim?

    2016 foi o ano da Lava-Jato, quanta coisa esta vindo à tona. Lembro-me também que na mensagem do ano passado já havíamos falado sobre o fracasso das ideologias do comunismo e do socialismo. Pena que não escutaram a Igreja. Ano 2016 foi o ano das investigações na corrupção de nosso país, consequência da insistência num regime totalitário e egoísta, daqui a uns anos será a vez da imoralidade e da indecência. Roubaram o Brasil, já descobriram – ou descobrimos – que roubaram nosso dinheiro, ainda falta descobrir que estão roubando nossa honra e nossa moralidade; e o que é pior? A cada dia nosso povo sofrido sofre mais, pois estamos perdendo a decência, o caráter, a pureza, o pudor e a honra.

    O dinheiro você tem que entregar. Quantos impostos!!! Quantas taxas!!! Quanto roubo!!! Não entregue sua honra, não entregue seu pudor e seu caráter, não perca a decência. Defenda sua família. Obedeça a Deus, não aos homens. Obedeça a Deus, obedeça a Igreja e não aos poderosos deste mundo!

    Nós cristãos somos o povo da esperança. Jesus nos libertou e o cristianismo nos trouxe um novo alento. Nada disso é novo, já na Roma antiga a corrupção reinava, mas nós – os cristãos – soubemos dar uma resposta e viramos o jogo. Estimados paroquianos, hoje somos nós, o futuro está em nossas mãos, não seja um cristão só de nome, viva o cristianismo, seja cristão de verdade e não um fanfarrão travestido de bonzinho.

    Nossas igrejas estão cheias, mas isso não pode nos deixar acomodados. Criamos novos espaços de culto, alargamos fronteiras, esticamos as igrejas, aumentamos os bancos na assembleia... e ainda falta espaço. Precisamos ir em frente, Deus precisa ser cultuado, a Eucaristia precisa ser amada, é Jesus presente que precisa ser adorado, adorado por corações fervorosos que sabem o que querem e onde querem chegar. Que 2017 seja um grande Domingo dedicado ao Senhor.

    Terminamos 2016, gostaria de deixar uma pergunta: Qual foi o seu testemunho até o presente momento? Qual foi sua contribuição para nossa sociedade? Qual foi a marca que você deixou na história?

    Nós cristãos sempre estivemos a frente do nosso tempo, sempre influenciamos a todos. Qual foi a sua influência na vida de seus familiares, de seus amigos e de seus vizinhos? Final de ano é tempo de exame de consciência! Qual foi a alma que você conquistou para Deus?

    No decanato, formamos as famílias, ensinamos sobre os riscos que corremos com as perversas ideologias e o cuidado que devemos ter com nossos filhos.

    Aqui na paróquia, recebemos um novo vigário. Desta vez ele veio em definitivo, passaram dois que residiam com suas famílias; Pe. Bruno mora conosco, se dedica integralmente a nós. Quem poderia dizer algum dia que precisaríamos de um vigário fixo? Graças a Deus pudemos aumentar o número de pessoas atendidas, aumentamos o número de celebração da Missa, todas as comunidades são atendidas semanalmente. Ninguém pode dizer que não viu o Padre!

    O trabalho de ampliação da Igreja Aparecida vai de vento em poupa. O planejamento com término para quatro anos será reduzido; é possível que ainda este ano o trabalho seja concluído e quem sabe na festa dos 300 anos da aparição já poderemos celebrar na Igreja nova?

   É possível que ainda esse ano voltemos a nos preocupar com São Benedito. Não podemos nos esquecer de São Pedro no Jacaré, muito menos da Sagrada Família em Nova Orleans em Barão de Iriri. Santa Margarida esta quase pronta, só falta uns arremates na pintura.

    Bom...

   Amanhã será um novo dia, aliás, um novo ano, novo na sequência cronológica do tempo, mas novo também na esperança e na fé, pois aprendemos que só no seguimento de Jesus Cristo, Deus e Homem Verdadeiro nós encontraremos repouso e alegria, conforto e segurança.

    Que a Virgem Maria, seja a Rainha dos nossos lares, que São Nicolau habite nossas residências e tudo o que Deus pensar para nossas famílias encontre um caminho aberto em nossas vidas.

    Levem a todos os seus familiares os meus votos de que 2017 seja verdadeiramente o ano do Senhor, um longo Domingo de louvor e de conversão.

 

    Feliz ano novo a todos.

 

   Pe. Leonardo Tassinari Resende

 

 

 

 

conter12

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!