Mensagem de Final de ano, início do novo

 

    Dia 31 de dezembro, último dia do ano de 2015. Leio esta mensagem fazendo votos de um ano novo na presença de Deus. Muitos dirão neste dia: Saúde, Paz, Prosperidade, Sucesso e por aí vai. Eu acrescentaria algo, aliás suprimindo estes desejos dos homens e mulheres de nosso tempo, diria num tom de convocação: Convertei-vos e crede no Evangelho, Jesus, nosso Salvador esta à porta e bate.

    Crer para nós católicos é mais do que um acreditar, é mais do que levantar o braço, muito mais do que um simples aceitar, é ainda mais do que ter apenas um simples respeito pela Palavra de Deus. Crer é aderir, crer é apostar a vida, crer é viver em função do que se acredita e o que nós acreditamos é a Verdade comunicada pelo Verbo da Vida. Nós vivemos em função de Deus, devemos viver em nome de Deus. Crer é estar em comunhão, comunhão de vida, comunhão na Eucaristia que é Jesus.

    Nós Católicos, gostamos da história, aprendemos com a história, aprendemos com o passado e a partir de nossas experiências escrevemos hoje o nosso futuro. O Culto Católico é uma recordação e ao mesmo tempo uma misteriosa atualização da história. Na Missa o Jesus histórico, o mesmo de ontem e o de sempre se faz presente hoje.

    Aprender com a história, por isso acredito na importância de uma breve retrospectiva: 2015 um ano difícil para nós brasileiros, muitos de nós – não todos é claro – vivemos uma época de tensão. Vimos de perto tantas dificuldades. Quase todas elas de cunho moral; todas, sem exceção, devido ao pecado. Aprendemos que a imoralidade destrói a vida. A imoralidade na política brasileira, no estado e no município, a imoralidade na família, a imoralidade em vários campos do trabalho na vida social e afetiva. O imoral, o adultério, a pornografia, o roubo tornaram-se normais nos canais de televisão.

    Mas nós cristãos somos o povo da esperança. Caríssimos paroquianos, com tudo isso, para nós este é dia um de grande júbilo, hoje, 8 dias depois do nascimento do Menino Jesus, Ele é apresentado ao mundo, hoje já se celebra a solenidade da Mãe de Deus. O Cristão sabe que amanhã será um novo dia de luta e de esperança, dia de reiniciarmos nossas tarefas.

    Enquanto isso, o que fizemos aqui em nossa paróquia? O que você fez neste ano para o seu futuro? (pausa) Em Suruí, muita coisa houve de bom. Veja, quem diria nossa paróquia começou o ano com dois sacerdotes, fomos presenteados com o Pe. Paulinho e agora com o Pe. Rogério, houve época que tivemos dois vigários. Você já havia pensado alguma vez que nossa paróquia chegaria a este porte, num período tivemos três padres.

    Em fevereiro, depois de terminada a Igreja Matriz, iniciamos a tão esperada reforma da igreja Aparecida – você está acompanhando pela internet o desenvolvimento da obra? Antes ela comportava aprox. 140 pessoas, depois de pronta esperamos que mais de 300 pessoas poderão participar da Missa sentados. Uma obra moderna que acompanha o progresso da arquitetura e da história.

    Você se lembra de São Benedito? A Igreja estava em risco, e por isso a comunidade ficou sem seu lugar de culto. Construímos um galpão e já iniciamos o processo de derrubada da igreja antiga. Ainda sonhamos com uma nova igreja e quem sabe um lugar onde nossos filhos poderão estudar e aprender uma cultura que valorize a ciência, a moral e a honra do ser humano.

   Percebemos também a importância do velório cristão, precisamos de um lugar para chorar nossos falecidos. No início do ano, graças à generosidade de uns, ganhamos um espaço para a construção da igreja de São José e de Nossa Senhora das Lágrimas, está quase pronta.

    Ganhamos também um novo terreno no Jacaré, e se Deus quiser, um dia construiremos a capela de São Pedro. Em Barão de Iriri, já iniciamos o aterro do terreno para a construção da capela da Sagrada Família. A nova comunidade de Santa Margarida já começa a crescer, a igreja já esta pronta, falta somente a pintura.

    2015 foi o ano das missões, quantos missionários nós recebemos em nossa paróquia! Quantas escolas e quantas casas foram visitadas em todos os cantos da paróquia? Quantas pessoas puderam escutar a Palavra de Deus que foi até o os seus lares!!

    Vivemos em 2015 o sínodo da família muitos especularam, mas ao final, como sempre, Deus saiu vitorioso, a Igreja reafirmou mais uma vez sua doutrina e esclareceu ao mundo que acredita no homem, que acredita na família e que serve a Deus e não ao modismo de uma época.

    2015 foi o ano da seca e de um calor intenso, ano de muitas descobertas politicas, percebemos que o comunismo não vale a pena, pois não pensa no bem comum, percebemos que o socialismo não se preocupa com o social. Redescobrimos o óbvio, somente Jesus liberta o homem e o revela a si mesmo.

    Amanhã será um novo dia, aliás, um novo ano, novo na sequencia cronológica dos ano, mas novo também na esperança e na fé, pois aprendemos que só no seguimento de Jesus Cristo, Deus e Homem Verdadeiro nós encontraremos repouso e alegria, conforto e segurança.

    Que a Virgem Maria, seja a Rainha de nossos lares, que São Nicolau habite nossas residências e que tudo pensado por Deus para nossas famílias encontrem um caminho aberto em nossas vidas.

    Levem a todos os seus familiares os meus votos de que 2016 seja verdadeiramente um ano de misericórdia e um ano de conversão.

    Feliz ano novo a todos.

    Pe. Leonardo

 

 


Crie um site com

  • Totalmente GRÁTIS
  • Centenas de templates
  • Todo em português

Este site foi criado com Webnode. Crie um grátis para você também!